Com as Próprias Mãos

Todas as noites a Rua Uruguai, em Itajaí, recebe o cheiro delicioso da pizzaria que nela reside. Uma covardia para os que tentam, sem sucesso, manter um regime para o verão.

A Favorita, como já diz o nome, depois de experimentada faz todas as outras parecerem pizzas congeladas, tendo como principal ingrediente o sabor inesquecível.

A massa artesanal é própria do dono que antes de se tornar proprietário era pizzaiolo. Depois de trabalhar em várias pizzarias, em janeiro de 2009 criou a própria massa e abriu o negócio juntamente com sua esposa.

Inicialmente o atendimento era feito apenas com entregas por não haver espaço. Mas a primeira locação se tornou muito pequena. A Favorita já caíra no gosto dos itajaienses. Era preciso um lugar maior para poder atender o público nas mesas com cerveja gelada acompanhada de um bom jogo de futebol ou luta de UFC e claro, a pizza favorita. Batata frita, mandioca e frango frito também fazem parte do vasto cardápio oferecido pelo estabelecimento.

O segredo? O segredo está na maneira como a pizza é feita. A massa é batida da mesma maneira que pão. Necessita de força braçal e por esse motivo a cozinha conta com uma equipe formada somente por homens. Três homens que só precisam de força bruta para golpear a massa, pois montar uma pizza requer delicadeza e rapidez. O primeiro passo é abri-la, uma pincelada rápida de molho de tomate seguida de queijo mussarela são fundamentais para o inicio de qualquer trabalho. Sem essas três ingredientes, seria apenas massa com recheio.

Mais de 70 sabores completam o cardápio que conta também com focaccias e calzones. Portuguesa e marguerita são famosos no mundo inteiro e as mais pedidas juntamente com a deliciosa pizza de calabresa. Porém, o sabor Barbecue tem caído nas graças dos clientes. A soma dos ingredientes filé, molho barbecue, catupiry e cheddar formam juntos uma das pizzas mais apetitosas da casa trazendo clientes de todos os cantos para prová-la.

Morar fora de Itajaí não impede ninguém de experimentar a iguaria. Moradores de Balneário Camboriú e região se deslocam de suas cidades para comer com qualidade.

Nos finais de semana são feitas em média 300 pizzas. Quem pede por encomenda espera em média 1 hora para ser entregue. A pizza chega como se tivesse saído do forno e a espera se torna compensadora.

A diferença entre uma pizza boa e uma ruim está no seu preparo. É muito mais fácil usar máquinas que façam quase todo o serviço. O diferencial pode estar nesse detalhe que faz toda a diferença na pizzaria A Favorita: comida feita com as próprias mãos será sempre mais gostosa. 

Por Ana Dutra